A responsabilidade dos pais começa pelo ensino do bom exemplo!

Educar, instruir e ensinar não é uma tarefa fácil, mormente, quando se trata de criança. Isso requer tempo, paciência e sobretudo muito amor, abnegação e renúncia; as vezes, requer até sacrifício por parte de quem se esmera ao ensino, principalmente, no que diz respeito à educação dos filhos, pois nós estamos inseridos numa sociedade cujos princípios fundamentais do bom senso, da conduta, da moral da família, dos preceitos mais puros e dos direitos do cidadão, estão invertidos e deturpados por causa do pecado.

Porquanto, o maior ensino que os pais devem demonstrar, de forma prática para os seus filhos será através do exemplo. Assim, Não basta ensinar os 10 mandamentos, descritos em Êxodo 20:10-17, se o seu filho vir em suas atividades, você mentir ou faltar com a verdade. O que eles conseguem assimilar bem é aquilo que é prático. Muitos filhos não conseguem ouvir os pais, porque eles enxergam, mais facilmente, as coisas negativas e erradas que lhes ensinamos. A pedagogia do ensino deveria ser observada, a exemplo do que o apóstolo Paulo descreveu ao jovem pastor Timóteo (II Tim 2:1, 2).

Os pais ao subirem a casa do Senhor, ao invés de adentrarem na igreja, ficam do lado de fora batendo papo com outros irmãos, assim os filhos vão aprender a não dar a menor importância ao momento de se adorar e prestar culto a Deus no santuário. Ou se você tem o hábito de substituir a EBD por uma corrida de fórmula 1, o exemplo, que você passa para o seu filho, é que a corrida é mais importante do que subir a casa do Senhor, para estudar à Sua Palavra.

Quando os pais negligenciam o culto doméstico, porque, o noticiário, a novela ou o tele-cine são imperdíveis, então os filhos também estarão valorizando mais esses programas do que a importância de se buscar a Deus em família. Só para você avaliar:”Quanto tempo você dedica ao seu filho lendo a Palavra ou orando com ele ou por ele?”

Lembre-se que, em Pv. 22:6, é responsabilidade dos pais o ensino da Palavra aos filhos. Lamentavelmente alguns pais transferem essa responsabilidade para a escola dominical ou para a igreja.

Os pais não podem ficar omissos ou, simplesmente, terceirizar essas responsabilidade. É você pai, é você mãe que tem a responsabilidade de ensinar com o seu testemunho e exemplo de vida cristã. Nós deixamos para os pais o exemplo da mãe e da avó de Timóteo. Leiam e meditem (II Tim. 1:5; 3:14, 15)

Pr. João Bôsco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *