Lançando boas sementes

“É semelhante ao grão de mostarda que um homem, tomando-o, lançou na sua horta; e cresceu, e fez-se grande árvore, e em seus ramos se aninharam as aves do céu” (Lc.13.19)

Colher bons frutos, bons resultados, em todas as áreas da vida é nosso desejo, mas, nem sempre valorizamos as sementes. Perdemos tempo com as conseqüências por termos sido pouco atenciosos com as causas. Se olharmos os frutos, de modo geral, com suas cores e sabores, são muito bonitas. As sementes, porém, não são tão belas, é o início que se tornara algo belo.

Falar de semente é entender de Passado, Presente e Futuro, ou seja, vivo hoje o que escolhi no passado. E viverei no futuro o que escolher agora no presente (Gál.6.7). “…Não erreis:….. porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará”.

Enfim, não podemos nos esquecer de que as sementes de hoje estão, diretamente, relacionadas aos frutos de amanhã. A preguiça de hoje trará necessidades amanhã. As ações do presente podem retornar em quantidade multiplicada. Todos nós somos semeadores. Estamos sempre semeando para nós e para os outros; fiquemos atentos a essas sementes lançadas, na certeza de colher bons frutos.

Ângelo Ronncaly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *